Robô que faz transplante capilar chega ao Brasil

Por essa os calvos podem comemorar. Um novo equipamento de transplante capilar chegou ao Brasil. Trata-se do robô Artas, capaz de fazer remoção de foliculos capilares sem a necessidades de corte e com redução de até 20% no tempo do processo, que normalmente dura entre seis e nove horas e concentra de seis a dez profissionais.

Em entrevista ao jornal O Estado de São Paulo, João Carlos Pereira, dermatologista especializado em Cosmiatria e Cirurgia Dermatológica e Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica comentou sobre o equipamento. “Com o robô, nós removemos de forma mais rápida e mais precisa, porque ele tem um sistema de imagem que emite um laser guia que mostra para o aparelho a posição do cabelo e já colhe na posição (correta) com um número menor de danos foliculares”, explicou.

O robô Artas traz consigo uma série de vantagens, com ele os homens terão acesso a uma tecnologia de implante capilar menos invasiva, menos dolorosa e sem nenhuma cicatriz visível. Por enquanto a máquina deixa a desejar no preço, pois o custo médio do tratamento pode chegar a R$ 30 mil.

Inovador, o robô consegue remover os cabelos por meio de um braço robótico que é administrado por um controle remoto. Entre 15 e 20 dias do procedimento os fios começam a cair e as raízes ficam. A partir desse processo, começam a nascer novos fios – com prazo de até três meses após o transplante.

O jornalismo independente e imparcial com informações contextualizadas tem um lugar importante na construção de uma sociedade , saudável, próspera e sustentável. Ajude-nos na missão de difundir informações baseadas em evidências.Apoie e compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.