Primeira Unidade Móvel de Zoonoses do país é inaugurada em Salvador

Primeira Unidade Móvel de Zoonoses do país é inaugurada em Salvador

Desde a ultima segunda-feira (25), Salvador conta mais um aliado na saúde pública: a Unidade Móvel de Zoonoses (UZM). O projeto é pioneiro no país e vai fazer toda a diferença para o enfrentamento e prevenção da esporotricose – micose causada pelo fungo do gênero ‘Sporothrix spp’.

O equipamento itinerante terá a capacidade de 15 atendimentos diários. Na segunda-feira, a partir das 09 horas, a unidade estacionou na Prefeitura-Bairro de Itapuã. Nas semanas seguintes, a programação vai contemplar os bairros de Paripe e São Caetano.

O acesso ao serviço será exclusivamente por agendamento, ou seja, não atenderá demanda aberta. Para conseguir uma avaliação é necessário entrar em contato com o Fala Salvador através do 156.

Dessa forma, no local, acontece avaliações clínicas de casos suspeitos com esporotricose, por um médico veterinário, além das consultas de revisão de animais em tratamento. O espaço também coleta de material de exame das lesões através de citologia.

A esporotricose é uma micose conhecida como a “ doença do jardineiro” causada por fungo que pode afetar vários animais, incluindo seres humanos. A transmissão ocorre pelo contato com terra, matéria orgânica e espinhos de plantas contaminados com o fungo ou através de arranhadura, lambedura ou contato direto com secreção das lesões de animais infectados.

O animal com suspeita de esporotricose apresenta nódulo ou úlcera na pele ou na mucosa nasal, ou problemas respiratórios (espirros). O agravo tem cura, principalmente, quando diagnosticado no início.

 

Campanha Vidas Importam