Plano de Mobilidade

Plano de Mobilidade

ciclofaixa-ponte-pereque-acu-770x520Amanhã (16), às 9h, a Prefeitura de Salvador por meio da Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob) realiza a primeira audiência pública para apresentação e discussão do Diagnóstico da Mobilidade Urbana na sede do Ministério Público, em Nazaré. O evento acontece como parte da elaboração do Plano de Mobilidade Urbana Sustentável de Salvador.

Na ocasião, estarão presentes secretários municipais e representantes de associações e entidades ligadas à mobilidade, meio ambiente, desenvolvimento sustentável e da sociedade civil, além de especialistas e personalidades, sindicatos, órgãos públicos, conselhos de classe, universidades, entre outros.

Durante o período de elaboração do plano, serão realizadas três audiências públicas. Nesta primeira será apresentado o Diagnóstico da Mobilidade Urbana de Salvador traçado a partir das análises dos documentos, estudos, pesquisas, escutas setoriais e do workshop realizado no mês de junho. A segunda audiência ocorrerá no mês de outubro e a pauta será sobre o prognóstico e as propostas a serem contempladas. A terceira e última deverá ocorrer no mês de novembro, quando será realizada a apresentação do Plano.

Importância – A elaboração do Plano de Mobilidade Urbana é uma exigência tanto para cumprimento da Lei 12.587/2012, que institui as diretrizes para a Política Nacional de Mobilidade Urbana, quanto pela necessidade de se estruturar mobilidade urbana de Salvador. Essa legislação institui como diretrizes a integração modal, a prioridade aos meios de transporte coletivo e os não motorizados, como pedestres e ciclistas, além de questões voltadas a acessibilidade universal. A lei também determina que as cidades com mais de 20 mil habitantes e que sejam obrigadas a elaborar um Plano Diretor também devem criar um Plano de Mobilidade Urbana.

 

Fonte: Secom Salvador

Foto: Google

Redação Saúde no Ar

 

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *