PF inicia operação Falso Negativo em 8 estados

PF inicia operação Falso Negativo em 8 estados

O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios, iniciaram nesta quinta-feira (02/07) a Operação Falso Negativo, que investiga ilegalidades em contratações de testes para a covid-19 em oito estados. Segundo investigação há indícios de superfaturamento. A investigação visa contratos que somados ultrapassam R$ 73 milhões e foram fechados por meio de dispensa de licitação.

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) do MPDFT está cumprindo,os 74 mandados de busca e apreensão no Distrito Federal, São Paulo, no Espírito Santo, Rio de Janeiro, na Bahia, em Goiás, Santa Catarina e no Paraná. Segundo o MPDFT, as suspeitas são de que, por meio da dispensa de licitações devido à situação emergencial decorrente da pandemia, mais de R$ 30 milhões tenham sido desviados em superfaturamento de contratos para aquisição de testes destinados à detecção da doença.

O processo corre em sigilo. Os suspeitos podem responder por crimes de fraude em licitação, formação de cartel, lavagem de dinheiro, organização criminosa e corrupção ativa e passiva.

 

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *