ONU pede fim do financiamento ao carvão e apoio à energia renovável

ONU pede fim do financiamento ao carvão e apoio à energia renovável

Durante a cúpula virtual sobre transição energética, o secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, pediu que países deixem de financiar o setor de carvão e se comprometam a não construir novas usinas movidas pelo combustível fóssil, para que uma mudança rumo à energia limpa seja possível. A reunião, teve participação de 40 países que representam 80% do uso de energia e emissões de gases de efeito estufa. Eles discutiram maneiras de impulsionar a economia, reduzir emissões e tornar os sistemas energéticos mais resilientes às mudanças climáticas.

À medida que países tentam reabrir suas economias em meio à desaceleração causada pela pandemia de covid-19, governos e investidores pedem que os pacotes de recuperação sejam focados, em parte, em estímulos “verdes”. A União Europeia e a Coreia do Sul já se comprometeram com programas de recuperação voltados ao meio ambiente. Os custos de energias renováveis, como eólica e solar, tiveram forte queda ao longo da última década.

Na reunião, as duas maiores potencias econômicas do mundo, China e Estados Unidos, ficaram de lados opostos. O representante chines, afirmou que o maior produtora global de carvão, está comprometida com um desenvolvimento limpo, eficiente e de baixo teor de carbono no setor energético. Já o secretário de Energia dos Estados Unidos, Dan Brouillette, afirmou que se opõe a qualquer proibição a combustíveis que produzem emissões de gases de efeito estufa.

 

Fonte: ONU, Agência Brasil

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *