OMS declara varíola dos macacos como emergência de saúde global

OMS declara varíola dos macacos como emergência de saúde global

o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, fez neste sábado a seguinte declaração sobre a varíola dos macacos:

“Decidi declarar uma emergência de saúde pública de alcance internacional”, disse Tedros em entrevista coletiva, afirmando que o risco no mundo é relativamente moderado, exceto na Europa, onde ele é alto.

Tedros informou ainda que, com as ferramentas disponíveis, será possível controlar o surto e parar a transmissão. Segundo o diretor-geral da OMS, somente metade dos países com casos registrados de varíola dos macacos tem acesso garantido às vacinas

Segundo o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, a decisão foi tomada para melhorar a resposta internacional ao vírus, que se espalhou por mais de 75 países. O dirigente afirma que foram cinco elementos que embasaram a decisão.

  1. As informações fornecidas pelos países mostram que o vírus se espalhou rapidamente, inclusive para muitos países que não o viram antes;
  2. Os critérios para declarar uma emergência de saúde pública de interesse internacional foram atendidos;
  3. O parecer do Comitê de Emergência, que não chegou a um consenso;
  4. As evidências e informações relevantes sobre a doença, que ainda são insuficientes;
  5. O risco para a saúde humana, disseminação internacional e o potencial de interferência no tráfego internacional de pessoas.