O Futuro do Núcleo de Apoio a Saúde da Família

O Futuro do Núcleo de Apoio a Saúde da Família

Nesta sexta-feira, 06/12,  o Programa Saúde no Ar com transmissão das 09 às 10h, pelas Rádios Excelsior AM 840 e Web Saúde no ar, Patrícia Tosta, entrevistou Vitor Rocha, médico e professor de medicina de família e comunidade pela UNEB, Eduardo Santana, Professor de educação física, Mestrando em saúde coletiva pelo ISC/UFBA,Apoiador da residência multiprofissional da FESF/FIOCRUZ e o Colunista de Saúde e Cidadania do Portal Saúde no Ar, Ezequiel Oliveira sobre o Futuro do Núcleo de Apoio a Saúde da Família – NASF.

No ultimo dia 12 de novembro o Governo Federal publicou uma portaria dando responsabilidade sobre os Núcleos de Apoio a Saúde da Família (NASF), aos próprios municípios. Passando assim a não receber mais incentivo federal. A medida entrará em vigor no incio de 2020. Em nota o Ministério da Saúde, diz:

“Os recursos referentes ao custeio dos NASFs foram direcionados para os novos critérios do financiamento da Atenção Primária. No entanto, a flexibilidade do uso dos recursos é uma das mudanças do novo modelo e é essencial para que o gestor local consiga reorganizar a rede de atendimento. E, portanto, o secretário municipal de saúde poderá manter esse modelo desde que cumpra com o critério de cadastramento dos usuários, resultados dos indicadores de saúde que serão monitorados e informatização das unidades de saúde. Saiba mais sobre os novos critérios do Previne Brasil.”

Veja entrevista completa:

 

 

 

Por: Joice M Araujo

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *