Novo relatório da ONU diz que mudanças climáticas têm impacto alarmante na África

Novo relatório da ONU diz que mudanças climáticas têm impacto alarmante na África

Foi lançado nesta terça- feira, (19/10) pela organização das Nações Unidas (ONU) o relatório Estado do Clima na África 2020. O documento ressalta tendências e impactos das mudanças climáticas, incluindo o aumento do nível do mar e o derretimento das massas de gelo.

O documento foi elaborado pela Organização Meteorológica Mundial, OMM, a Comissão da União Africana, a Comissão Econômica para a África pelo Centro de Política Climática da África. Também participaram entidades científicas regionais e internacionais e agências das Nações Unidas.

“Eles precisavam ter sistemas de aviso prévio integrados, particularmente nos países vulneráveis, onde seja possível prever o que vai acontecer e a partir daí tomar medidas para preparação e resposta adequadas. Só para dar-lhes um exemplo, em África, só 44 mil pessoas entre 100 mil pessoas estão cobertas com o sistema de aviso prévio.” afirmou. o diretor de Parcerias Globais da OMM, Filipe Lúcio.

Os resultados apontam que a temperatura na África subiu acima da média global. O último ano esteve entre os mais quentes registrados no continente.

O aumento do nível do mar também está acima das marcas, sendo a costa do Oceano Índico o local mais crítico, onde o número já supera os 4 milímetros por ano, segundo a pesquisa.

As massas de gelo do continente também são afetadas. A pesquisa alerta que, se nada for feito, as três principais formações deixaram de existir até 2040. Isso inclui o famoso Monte Kilimanjaro, na Tanzânia.

JR

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *