Mortalidade materna

A definição de morte materna, conforme a Organização Mundial de Saúde (OMS), é todo falecimento causado por problemas relacionadas à gravidez ou ao parto, ocorrido até 42 dias depois. Para a OMS é aceitável o índice de 20 mortes maternas para cada 100 mil nascidos vivos. No Brasil, essa taxa é de 75 mortes para o índice, considerado alto.

Para abordar sobre o assunto, o programa Saúde no Ar recebeu nesta quinta-feira (28), Dolores Fernandes, do Iperba, e Márcia Silveira, ginecologista e obstetra, também membro do Conselho Estadual de Estudos para Mortalidade materna.

Ouça na íntegra a entrevista!

O jornalismo independente e imparcial com informações contextualizadas tem um lugar importante na construção de uma sociedade , saudável, próspera e sustentável. Ajude-nos na missão de difundir informações baseadas em evidências.Apoie e compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.