Ministério inicia campanha de combate à doença de Chagas

Ministério inicia campanha de combate à doença de Chagas

Nesta quarta-feira (13), véspera do Dia Mundial de Combate à doença de Chagas; o Ministério da Saúde iniciou uma campanha de conscientização da população a respeito dessa enfermidade que; de acordo com estimativas da pasta, atinge pelo menos 1 milhão de pessoas no país e resulta em mais de 4 mil mortes a cada ano.

Ainda, de acordo com o secretário de Vigilância em Saúde, Arnaldo Medeiros, é possível que o número de pessoas contaminadas seja bem maior e, em um cenário mais pessimista, chegue a 4,6 milhões de pessoas. “Significa que, atualmente, até 2,4% da nossa população possa estar infectada pela doença”; disse ele durante o anúncio da campanha deste ano, que tem, como tema, “Ajude-nos a saber quantos somos e onde estamos”.

Durante a cerimônia, houve também o lançada da nova edição do boletim epidemiológico de 2022; intitulado Territorialização e Vulnerabilidade para a doença de Chagas crônica.

Assim, o programas da Fiocruz, como o IntegraChagas tem por objetivo aumentar a oferta de diagnóstico e tratamento na atenção primária. Já o programa CuidaChagas (Comunidades Unidas para Inovação, Desenvolvimento e Atenção para a Doença de Chagas) é um consórcio internacional que desenvolve projetos pilotos de abordagem de testes e tratamentos que visa eliminar a transmissão congênita da Chagas. As experiências piloto têm sido implementadas em municípios localizados no Brasil e em países vizinhos como a Bolívia, Colômbia e o Paraguai.

 

Campanha Vidas Importam

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.