Ministério da Saúde inaugura primeira ala hospitalar para indígenas no Amazonas

Ministério da Saúde inaugura primeira ala hospitalar para indígenas no Amazonas

Na última terça- feira (26/05), foi inaugurado no estado do Amazonas, uma ala hospitalar destinada a pacientes com covid 19.  A estrutura foi instalada no Hospital Nilton Lins, em Manaus (AM).

A inauguração contou com a presença do ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, o Governador do estado do Amazonas, Wilson Lima e o secretário Especial da Saúde Indígena, Robson Santos da Silva.

A área destinada aos índigenas possui 53 leitos, sendo 33 leitos clínicos, 15 Unidades de Tratamento Intensivo (UTI) e 5 Unidades de Cuidados Intermediários (UCI), com possibilidade de expansão. O Hospital Nilton Lins foi inaugurado em 18 de abril com 95 leitos para tratamentos de pacientes com COVID-19.

“Essa ação é o resultado de um trabalho em equipe. É o primeiro serviço voltado à população indígena com COVID-19. Tenho certeza que esta iniciativa será um marco na nossa virada no combate à COVID-19. O hospital está preparado para receber pacientes indígenas com espaço adequado e capacidade de atendimento, sempre respeitando a cultura dos povos indígenas”, reforçou o ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello.

O secretário da SESAI, Robson Santos da Silva, destacou que a iniciativa é fruto de ação integrada entre Governo Federal, estado do Amazonas e prefeitura de Manaus. “Nós unimos esforços com o objetivo exclusivo de salvar vidas durante esta pandemia. Até o momento, já temos notícias de mais de 300 indígenas recuperados da COVID-19 e com este novo serviço será possível salvar muito mais”, afirmou o secretário.

 

Foto: Divulgação / ASCOM MS

 

 

Colabore com o Saúde no ar para continuarmos com o nosso propósito, saiba como.

 

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *