Meninas cientistas e vencedores de Feiras de Ciência têm evento reservado no cine Gláuber Rocha

Meninas cientistas e vencedores de Feiras de Ciência têm evento reservado no cine Gláuber Rocha

O evento é organizado pelo Programa da UFBA “Meninas na Ciências de Dados” junto a 5 escolas públicas de Salvador.

O Projeto Meninas na Ciência de Dados, inaugurado no início de 2019, é coordenado pela Professora Doutora em engenharia química Karla Esquerre da Universidade Federal da Bahia. Possui a missão de desenvolver o pensamento computacional e estatístico em jovens meninas de Salvador. As escolas participantes deste projeto são: Henriqueta Martins Catharino; Evaristo da Veiga; Mário Costa Neto, Cidade de Jequié e Ypiranga.

O público alvo deste projeto são alunas do 6º ao 9º ano dessas escolas públicas, foram selecionadas 27 para serem alunas bolsistas. Estas participam de atividades realizadas semanalmente na Escola Politécnica, incluindo dinâmicas para a compreensão do conceito de moda, média e média metrologia, análise e construção gráfica, criação de uma mini- estação meteorológica, programação de jogos, entre outros.

Para  premiar as alunas  que fizeram suas apresentações no Encontro de Jovens Cientista e os melhores trabalhos das Feiras de Ciências, o Projeto Meninas na Ciência de Dados fará a entrega  entrega dos certificados de premiação no próximo domingo, 24 de novembro no Cine Gláuber Rocha, em Salvador.  Também será exibido o filme  “Sobre Rodas”. Cada estudante terá direito a um acompanhante maior de 18 anos, podendo ser a mãe, o pai ou algum responsável.

A coordenadora do Projeto, Karla Esquerre, afirma que “São 90 estudantes e responsáveis, muitos dos quais nunca foram ao cinema. Vale lembrar e associar ao tema de redação do ENEM, não como um evento casual, mas sim, visando demonstrar que este projeto ajuda na redução das desigualdades sociais e culturais”. Além de incentivar a busca pelo conhecimento científico e aprimoramento do método estatístico, o objetivo do projeto também é a valorização da cultura e produção nacional. Todas essas ações são desenvolvidas levando em consideração o lema do projeto:

Um dos princípios do projeto é desmistificar a visão de que a área de exatas é difícil, para que assim, essas meninas possam se ver como cientistas, visto que mulheres ainda são minoria nesta área. Por isso, essas 27 alunas selecionadas, divididas em grupos, desenvolveram projetos científicos que foram apresentados no Encontro de Jovens Cientistas da UFBA (22 a 25 de out). Três destes receberam premiação honrosa, os temas foram: inclusão na mobilidade urbana; estratégias para redução do desperdício de alimentos; pesquisa qualitativa sobre nos Bairros de Ondina e Rio Vermelho.

Além desta atividade, o Colégio Estadual Henriqueta, o Colégio Estadual Evaristo, o Colégio Estadual Ypiranga e a Escola Municipal Cidade de Jequié realizaram Feiras de Ciências com apoio do Projeto. Durante esses momentos houveram projetos com temas diversos, tais como Cálculo de consumo elétrico residencial; valorização da biblioteca; criação de sabonetes sustentáveis; conhecimento sobre a etnomatemática; pesquisa sobre LGBT, fobia; entre outros. Entre tantos trabalhos bem produzidos foram selecionados alguns premiados nas categorias de 1º, 2º, 3º lugar e menção honrosa.

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *