Mais um caso de raiva humana confirmado em Minas Gerais

Mais um caso de raiva humana confirmado em Minas Gerais

Na ultima terça-feira (19), Minas Gerais confirmou mais um caso de raiva humana, dessa vez em uma jovem indígena de 12 anos. Dessa forma, esse é o segundo caso confirmado no estado nos últimos dias e um terceiro, de uma criança de 5 anos, está sob investigação.

Anteriormente,  Zelilton Maxacali, também de 12 anos, que morreu em 4 de abril, o estado estava há 10 anos sem novos registros da doença. A jovem com o caso confirmado nesta semana está internada em uma UTI de Belo Horizonte.

Contudo, o estado ainda investiga possível terceiro caso; uma criança de cinco anos, moradora de uma área rural de Bertópolis, que morreu no último domingo (17). Apesar de não haver sintomas da doença, a hipótese é investigada e o sangue da criança foi coletado para análise.

De acordo com informações do Ministério da Saúde, a raiva humana é uma doença que afeta o sistema nervoso central. Além disso, a doença possui uma taxa de mortalidade próxima a 100% e normalmente mata o paciente entre 5 e 7 dias após o início dos sintomas. Ainda assim, os sintomas só aparecem quando o vírus atinge o cérebro, normalmente cerca de 45 dias após a infecção, mas esse período de incubação pode variar em crianças e adolescentes.

 

Campanha Vidas Importam

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.