Hemoba: referência para projeto "piloto" do Ministério da Saúde

A Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia, recebeu representantes do Ministério da Saúde, no dia 01 de agosto, no auditório do hemocentro coordenador em Salvador. Economistas e coordenadores do Programa Nacional de Gestão de Custos, estiveram na capital baiana para conduzir e debater implementações de um sistema de gestão de custos para hemocentros. A iniciativa vem sendo aplicada em alguns hospitais públicos vinculados à secretarias estaduais e a rede SUS.

Na Bahia o programa tem parceria com a Secretaria da Saúde do Estado, SESAB, e a Fundação Hemoba foi escolhida para debater e incrementar o projeto "piloto", buscando apresentar possibilidades para estudos e formas de gestão de custos, melhorando e aperfeiçoando a aplicação do dinheiro público.

Segundo Andrea Mendes, coordenadora geral de economia da saúde, a Hemoba foi escolhida pelo critério de organização e interação, capitaneada pela direção geral, conduzida pelo Dr. José Raimundo Mota. O resultado dessa parceira será fundamental para descobrir os custos das unidades hemoterápicas no Brasil.

Fonte: Hemoba

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.