Governo da Bahia lança edital com 52 mil vagas de monitoria para o Programa Mais Estudo

Governo da Bahia lança edital com 52 mil vagas de monitoria para o Programa Mais Estudo

A Secretaria da Educação (SEC) da Bahia lançou, nesta quarta-feira (11), edital para o programa Mais Estudo. Estão abertas 52 mil vagas para que os estudantes possam dar monitoria em Língua Portuguesa, Matemática e Iniciação Científica aos colegas.

Cada monitor recebe uma bolsa de R$ 100 por mês, durante os seis meses da vigência do programa; para atuação no turno oposto ao que está matriculado.

De acordo com a SEX, para a realização do Mais Estudo foram destinados recursos próprios do estado estimados em R$ 31 milhões. O Mais Estudo tem o objetivo de estimular a participação do estudante no processo educacional, além de criar condições para o exercício solidário e contribuir com práticas inovadoras de ensino e de aprendizagem.

Assim, a seleção dos estudantes para a monitoria obedece a alguns critérios, as unidades escolares interessadas em participar do programa deverão atualizar os dados de cadastro no Sistema de Gestão do Mais Estudo. As unidades escolares realizarão o processo de seleção dos estudantes, no período de 16 a 27 de maio de 2022.

Dessa forma, para participar do Programa Mais Estudo o estudante precisa estar regularmente matriculado no ano de 2022; possuir cadastro de Pessoal Física (CPF) regularizado; e ter obtido aproveitamento no componente curricular no qual pleiteia a monitoria, com média igual ou superior a oito, no ano anterior.

Além disso, toda monitoria terá acompanhamento por professores supervisores, que validarão mensalmente os relatórios enviados pelos monitores. Na edição deste ano, o monitor poderá participar da ação experimental “Sua falta, faz falta!”. A iniciativa é voltada, especialmente, para o engajamento dos monitores em relação às ausências dos colegas monitorados.

 

 

Campanha Vidas Importam

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.