Gasolina da Refinaria de Mataripe já é 27% mais cara do que a vendida pela Petrobrás

Gasolina da Refinaria de Mataripe já é 27% mais cara do que a vendida pela Petrobrás
Responsável pela gasolina para 95% dos postos do estado; a gasolina na Refinaria de Mataripe, antiga Landulpho Alves (Rlam), na Bahia, está custando 27,4% a mais do que a vendida pela Petrobrás.
Além disso, a diferença em relação ao valor do diesel S-10 chega a, 28,2%. Em quinto aumento em 2022, a refinaria privatizada em dezembro de 2021, passou por ultimo reajuste no último sábado (05).
De acordo com estimativa do Observatório Social da Petrobrás (OSP), organização ligada à Federação Nacional dos Petroleiros (FNP); a gasolina e o diesel da Bahia deverão se tornar os mais caros do país.

Na próxima semana, a Agência Nacional do Petróleo (ANP) divulgará dados atualizados com o impacto do novo reajuste da Acelen, gestora da Refinaria de Mataripe.

Em todo o estado o preço da gasolina chegou a R$ 7,99. Em comparativo, enquanto na capital baiana o preço médio do combustível é de R$ 7,33 a R$ 7,89, no Rio de Janeiro a média fica entre R$ 6,59 e R$ 7,69. Já em São Paulo, a gasolina pode ser achada entre R$ 5,69 e R$ 7,59.

 

Campanha Vidas Importam

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.