Estudo: taxas de autolesão entre jovens aumentam no Brasil

Estudo publicado na revista cientifica The Lancet, desenvolvido pelo Cidacs/Fiocruz Bahia (Centro de Integração de Dados e Conhecimentos para Saúde), revela que o número de autolesões e de suicídio têm crescido no Brasil em 11 anos.

De acordo com o levantamento, a taxa de suicídio entre jovens cresceu 6% ao ano no Brasil, entre 2011 e 2022. As taxas de notificações por autolesões na faixa etária entre 10 e 24 anos aumentaram 29% a cada ano nesse mesmo período. Segundo a análise, os números de suicídio e autolesão entre a população mais jovem superaram as taxas na população em geral, cujo crescimento foi de 3,7% ao ano e 21% ao ano, respectivamente, no mesmo período.

O jornalismo independente e imparcial com informações contextualizadas tem um lugar importante na construção de uma sociedade , saudável, próspera e sustentável. Ajude-nos na missão de difundir informações baseadas em evidências.Apoie e compartilhe