Estudo: Crianças vegetarianas e carnívoras têm crescimento e nutrição semelhantes

Estudo: Crianças vegetarianas e carnívoras têm crescimento e nutrição semelhantes

Pesquisa, publicada na revista “Pediatrics”, revela que crianças que possuem uma dieta vegetariana tiveram crescimento, altura e medidas nutricionais parecidas às das que comem carnes. Contudo, o estudo revela que as vegetarianas tinham mais chances de estar abaixo do peso.

“Nos últimos 20 anos, vimos uma crescente popularidade das dietas à base de plantas e um ambiente alimentar em mudança com mais acesso a alternativas vegetais. No entanto, não vimos pesquisas a respeito dos resultados nutricionais de crianças seguindo dietas vegetarianas no Canadá”; disse Jonathon Maguire, principal autor do estudo e pediatra do St. Michael’s Hospital of Unity Health Toronto, em um comunicado à imprensa.

Para a analise, os pesquisadores usaram dados de cerca de 1.000 crianças entre 6 meses e 8 anos e que participaram de um programa de estudo entre 2008 e 2019. Os detalhes a respeito das dietas dessas crianças eram informados pelos pais; que responderam qual tipo de alimentação os filhos possuíam: vegetarianos (que incluíam veganos) ou não-vegetarianos.

Durante cada visita de supervisão de saúde ao longo dos anos, os assistentes de pesquisa mediram o índice de massa corporal (IMC) dos participantes; bem como indicadores como peso, altura, níveis de colesterol, triglicerídeos, vitamina D e os níveis séricos de ferritina.

No início do estudo, 248 crianças (incluindo 25 veganas) eram vegetarianas e mais 338 crianças se tornaram vegetarianas algum tempo depois, mas ainda durante o estudo.

As crianças foram acompanhadas por quase três anos. Não houve diferenças significativas entre crianças vegetarianas e não-vegetarianas em relação ao padrão de IMC, altura, níveis de ferritina sérica e de vitamina D.

No entanto, as crianças vegetarianas eram quase duas vezes mais propensas a estar abaixo do peso do que as que consumiam carnes.

Dessa forma, em exemplo utilizado no estudo, os pesquisadores falam a respeito da diferença de alimentação entre os países;“Na Índia, os gráficos de crescimento das crianças diferem dos gráficos de crescimento dos EUA. Espera-se que uma menina média de 5 anos na Índia pese 17 quilos e tenha cerca de 1,08 metro de altura. Nos EUA, uma menina média de cinco anos do mesma altura deve pesar 18 quilos.”

 

 

Campanha Vidas Importam

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.