Estudantes protestam em vários países alertando sobre as mudanças climáticas

Estudantes protestam em vários países  alertando sobre as mudanças climáticas

Protesto de estudantes e ativistas ambientais  contra a falta de ação dos Governos para a redução do aquecimento global mobilizou na última sexta- feira (15),  jovens de vários países.

O movimento é apartidário e tem um único objetivo: pede aos governos que cumpram com o que se comprometeram no Acordo de Paris. Este pacto, que data de 2015 e começará a ser efetivo a partir de 2020, tem metas — que o irreversível aumento da temperatura permaneça dentro de limites controláveis, entre 1,5 e 2 graus — e define como alcançá-las — por meio da eliminação de gases de efeito estufa da economia mundial.

Os estudantes  europeus fizeram manifestações e assinaram uma carta pedindo que os governos façam ações para reduzir o aquecimento global. Na Alemanha, onde houve protestos em 200 cidades nesta sexta-feira, são 19.000 signatários de uma carta em que também alertam sobre os efeitos do aquecimento global. Em Bruxelas, onde, novamente, o protesto foi massivo e reuniu 30.000 jovens, segundo a polícia belga.
Na manifestação de Madri, que reuniu 4.500 pessoas, segundo a polícia, os participantes eram principalmente estudantes de colégios e universidades. Os estudantes pedem a redução da emissão do C02 e outras medidas que contribuam para reduzir o aquecimento global.

Em Salvador, ( Bahia- Brasil)  ocorreu manifestações feitas por estudantes dos colégios estaduais Civita e Escola municipal Sociedade Fraternal.  (foto abaixo).

Fonte: El País

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *