Portal Saúde no Ar

Dormência em um lado do corpo pode ser sintoma de AVC

De acordo com artigo científico publicado no The Lancet Neurology, cerca de 9,7 milhões de pessoas morrerão em decorrência de um Acidente Vascular Cerebral (AVC) em 2050.

Segundo a Organização Mundial do AVC, responsável pela pesquisa, a previsão representa um aumento de 50% em relação aos dados de 2020, quando o número de mortes por ano decorrentes de AVC era de cerca de 6,6 milhões. O AVC trata-se da segunda principal causa de óbitos em todo o mundo.

Contudo, os danos podem ser reduzidos, principalmente, com a agilidade do atendimento médico. “O tempo é essencial no tratamento do AVC, pois quanto mais rápido o tratamento for iniciado, melhores são as chances de recuperação e minimização dos danos cerebrais. Ligar para os serviços de emergência e informar que suspeita de um AVC é o mais recomendado”, orienta a neurologista e pesquisadora do Hospital Israelita Albert Einstein Gisele Sampaio, em entrevista a CNN.

Campanha Vidas Importam

O jornalismo independente e imparcial com informações contextualizadas tem um lugar importante na construção de uma sociedade , saudável, próspera e sustentável. Ajude-nos na missão de difundir informações baseadas em evidências.Apoie e compartilhe