Doação de sangue por homossexuais é aprovada na França

Durante entrevista ao jornal francês Le Monde, nesta quarta-feira (4), a ministra da Saúde da França, Marisol Turaine anunciou que a população homossexual do país poderá doar sangue a partir de 2016. A determinação foi tomada, após uma revisão da medida desde 2012. A proibição de doação de sangue na França estava em vigor desde 1983.

A autorização passará a valer na primavera do próximo ano, no entanto, será monitorada pelos parâmetros rigorosos já existentes, segundo informou a ministra.  Turaine afirmou que a doação de sangue será permitido a princípio por homens que não tiveram relação sexual ou que tiveram somente com um homem nos últimos quatro meses.

De acordo com a Corte de Justiça da União Europeia, a França tem o maior índice de HIV entre homens gays na Europa, entretanto, metade dos novos infectados entre 2003 e 2008 são homens que tiveram sexo com outros homens.

*Redação Saúde no Ar Salvador (L.O)

O jornalismo independente e imparcial com informações contextualizadas tem um lugar importante na construção de uma sociedade , saudável, próspera e sustentável. Ajude-nos na missão de difundir informações baseadas em evidências.Apoie e compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.