Consumo de açúcar aumenta o risco de Alzheimer

Alzheimer

De acordo com um estudo do Fred Hutchinson Cancer Research Center, nos Estados Unidos, o consumo frequente de açúcar pode ser um percursor potencial para doenças neurodegenerativas, como o Alzheimer.

Os resultados da pesquisa estão publicados na revista científica PLOS Biology. Segundo os pesquisadores, a principal causa desse perigo é a resistência à insulina, consequência da ingestão elevada de açúcar.

“Usando moscas da fruta, os autores estabelecem que dietas ricas em açúcar desencadeiam resistência à insulina na glia, interrompendo sua capacidade de limpar detritos neuronais. Este estudo fornece informações sobre como as dietas indutoras de obesidade contribuem potencialmente para o aumento do risco de doenças neurodegenerativas”, afirmou Mroj Alassaf, principal autor do estudo.

Os pesquisadores esperam que as descobertas deste estudo possam ser úteis no desenvolvimento de terapias para redução do risco de desenvolvimento de doenças neurodegenerativas.

A moderação no consumo de açúcar é fundamental para manter a saúde.

O consumo de açúcar tem sido associada não só à resistência à insulina, mas

também causa diversas doenças como, obesidade, doenças cardíacas, diabetes tipo 2 e resistência á insulina

O jornalismo independente e imparcial com informações contextualizadas tem um lugar importante na construção de uma sociedade , saudável, próspera e sustentável. Ajude-nos na missão de difundir informações baseadas em evidências.Apoie e compartilhe