Cientistas criam diagnóstico de anticorpos da Covid que não requer amostra de sangue

Cientistas criam diagnóstico de anticorpos da Covid que não requer amostra de sangue
Com pesquisa publicada em revista Scientific Reports, cientistas do Japão desenvolveram um novo método baseado em anticorpos para a detecção rápida do coronavírus que não requer amostra de sangue.Até o momento, uma das principais técnicas para o diagnóstico da Covid-19 consiste na coleta de amostras do nariz e da garganta com a utilização de um longo cotonete (swab). Contudo, a aplicação pode levar de 4 a 6 horas e depende de equipamento especializado e profissionais de saúde para a coleta.

Além disso, tiras de teste com base em nanopartículas de ouro estão atualmente em uso para o diagnóstico da doença. Embora produzam resultados sensíveis ​​em 10 a 20 minutos, exigem amostras de sangue coletadas por meio de uma picada no dedo.

Por outro lado, o novo metodo sugerido pelos pesquisadores do Japão sugerem um método alternativo e complementar para a confirmação da infecção que envolve a detecção de anticorpos específicos para o vírus SARS-CoV-2.

“Embora os níveis de anticorpos no fluido sejam aproximadamente 15%-25% daqueles no sangue, ainda era viável que os anticorpos IgM/IgG anti-SARS-CoV-2. Detectados e que o fluido pudesse atuar como um substituto direto para a amostragem de sangue”. Afirma o pesquisador Leilei Bao, do Instituto de Ciência Industrial da Universidade de Tóquio, autor principal.

O fluido intersticial é uma solução aquosa transparente, presente entre as células. A substância é produzida a partir do plasma, pela filtração através das paredes dos locais onde ocorrem as trocas entre o sangue e os tecidos.

De acordo com o estudioso para chegar ao método, “Primeiro, desenvolvemos microagulhas porosas biodegradáveis ​​feitas de ácido polilático que extraem o fluido intersticial da pele humana”, explica Beomjoon Kim, autor do estudo. “Então, construímos um biossensor de imunoensaio baseado em papel para a detecção de anticorpos específicos para SARS-CoV-2”.

A partir da integração entre esses dois elementos, os pesquisadores criaram um modelo compacto capaz de detectar os anticorpos no local em três minutos. Além disso, segundo os especialistas o novo dispositivo tem potencial para a triagem rápida de Covid-19 e de outras doenças infecciosas.

 

 

Campanha Vidas Importam

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.