Bolsonaro defende a privatização da Petrobras

Bolsonaro defende a privatização da Petrobras

O presidente Jair Bolsonaro afirmou em entrevista exibida nesta quarta-feira (16) que a Petrobras “não colabora com nada” e que, por ele, a empresa estatal “poderia ser privatizada hoje”.

Os aumentos dos combustíveis influenciam diretamente no preço dos alimentos e da inflação e em ano eleitoral isso é muito ruim para o governo.

“Qualquer nova alta a gente vai, da nossa parte aqui, desencadear um processo para que esse reajuste não chegue na ponta da linha para o consumidor. É impagável o preço dos combustíveis no Brasil. E lamentavelmente a Petrobras não colabora com nada”, declarou Bolsonaro nesta quarta.

“Muita gente me critica, como se eu tivesse poderes sobre a Petrobras, não tenho poderes sobre a Petrobras. Para mim, é uma empresa que poderia ser privatizada hoje, ficaria livre deste problema. E a Petrobras se transformou na Petrobras Futebol Clube, onde o clubinho lá de dentro só pensa neles, jamais pensam no Brasil”, acrescentou o presidente em entrevista ao SBT.

Na mesma entrevista, Bolsonaro disse que existe a possibilidade de trocar o presidente da Petrobras.

“Existe essa possibilidade [trocar o presidente da Petrobras]. Todo mundo no governo, ministros, secretários, diretores de empresas, presidentes de estatais podem ser substituídos se não estiverem fazendo o trabalho a contento. Então, eu não quer dizer que vai ser trocado ou que não vai ser trocado. Eu só não posso trocar o vice-presidente da República. O resto, todos podem ser trocados, obviamente, por motivos de produtividade, por motivo de falha ou omissão no respectivo serviço”, declarou.

A Petrobras é uma das empresas que mais pagam impostos ao governo e geram milhares de empregos diretos e indiretos. Muitas empresas dependem da Petrobras para existirem. A privatização da Petrobras não vai ser benefica para o Brasil e ela sendo privatizada o governo não teria nenhuma ingerência. A empresa passou 57 dias sem aumento e quando isso ocorreu foi para descontar o atraso, 18%.

Segundo a empresa os preços ainda estão defasados, porque são baseados no preço do barríl do petróleo no mercado internacional e é em dólar. Com a guerra, o preço do barríl atingiu o valor mais elevado dos ultimos 14 anos. Isso no mercado internacional. A Estatal de capital misto, com o governo sendo majoritário é extremamente extratégica para a saúde da economia do país.

Jorge Roriz

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.