Autismo na Bahia e no Mundo

Autismo na Bahia e no Mundo

autismo

O Autismo é um transtorno do desenvolvimento que se manifesta tipicamente antes dos 3 anos de idade, afetando o desenvolvimento psiconeurológico, comunicação, condutas comportamentais e convívio social.

A Organização das Nações Unidas (ONU) estima que exista, em todo o mundo, cerca de 70 milhões de autistas, número que torna a doença, entre crianças, mais comum do que a Aids, o diabetes e o câncer juntos.

Na Bahia, estima-se que existam cerca de 70 mil autistas no Estado, sem direitos básicos assegurados (saúde, educação, lazer, transporte). As dificuldades do autista variam em grau e intensidade. O comprometimento pode ser muito grave e estar associado à deficiência mental, ou tão leve que o portador do transtorno consegue levar uma vida próxima do normal.

O Autismo não deve ser considerado como doença, e sim, como um distúrbio do desenvolvimento complexo, de nível comportamental, manifesto antes dos três anos de idade. Quanto mais cedo for diagnosticado, melhor será a evolução e resposta ao tratamento. Crianças adequadamente acompanhadas podem desenvolver habilidades fundamentais para sua reabilitação.

Autismo será o tema da entrevista com a Fonoaudióloga da Associação de Amigos dos Autistas (AMA), Laura Ferraro, e com a Fonoaudióloga e Coordenadora Técnica do Centro de Referência ao Autismo da Liga Álvaro Bahia Contra a Mortalidade Infantil e Hospital Martagão Gesteira, Tatiane Chagas, amanhã (01.04), das 8h às 9h, no programa Saúde no Ar na Rádio Excelsior Am 840 ou no Portal Saúde no Ar.

Redação Saúde no Ar*

(A.P.N.)

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.