Atividade na melhor idade: Um caminho para prevenção de doenças.

Atividade na melhor idade: Um caminho para prevenção de doenças.


MARCIO E ROBERTA CIRANDÔO Projeto Cirandô Sênior vem com a proposta de integrar as pessoas da melhor idade, tendo foco no bem-estar e não nas doenças", ressaltou Roberta Brasileiro, fisioterapauta e sócia fundadora do grupo. Nos últimos 40 anos, a expectativa de vida do brasileiro deu um salto, passando de 62 anos e meio em 1980 para 75 anos e meio em 2015. 

Dados recentes do IBGE, indicam que daqui a 21 anos teremos mais idosos do que crianças no Brasil. E em 2060, ¼ da população brasileira será de idosos. A questão é que esta parcela da população que hoje está na terceira idade, teve uma infância extremamente ativa, cercada de muita gente em um contexto de menos violência e com mais interatividade.

Hoje essas crianças ativas são idosos aposentados, muitas vezes isolados ou com alguma limitação física. Diante desta realidade e compreendendo que a longevidade saudável é uma consequência do que fazemos, é que o Cirandô propõe um projeto de socialização e com os idosos, pois a vida deve continuar sendo vivida de uma forma saudável, ativa e feliz em todas as idades.                                                                                                                                           Praticar atividades, sair de casa, passear, viajar, brincar, aprender, fazer novas amizades, rir, não é um privilégio da infância ou juventude e é isso que o Cirandô Sênior propõe a todos que participam desse projeto. Estudos científicos têm demonstrado que a convivência de pessoas idosas em grupos tem muitos benefícios como:  interação e inclusão social e conquista de novos amigos; melhora na autoestima; melhora do senso de humor; compartilhamento de angústias, alegrias e experiências de vida; romper com o cotidiano dos afazeres domésticos, satisfação com a vida; redução de sentimentos como medo e insegurança; redução do estresse, ansiedade e sintomas de depressão; percepção de boa qualidade de vida e satisfação pessoal. Pessoas ativas e cercadas de amigos, tendem a ser mais felizes e saudáveis.                                                                                                                                              A percepção de boa qualidade relaciona-se diretamente com a autoestima e o bem-estar, sendo esses fatores associados com boa saúde física e mental, hábitos saudáveis, lazer, espiritualidade, dentre outros e consequentemente haverá a percepção de uma melhor qualidade de vida.

O assunto foi tema do Programa Saúde no Ar, desta quinta-feira (26.09) Patricia Tosta conversou com os Co-Fundadores do Projeto Cirandô Roberta Brsileiro e Marcio Dias. Ouça a entrevista.

LOGO CIRANDO

Para conhecer o projeto ou marcar uma visita basta entrar em contato com:(71) 9-9909-3801 ou 99345-2334  projetocirando@gmail.com. Saiba mais sobre o trabalho: Projeto Cirandô.

Leia também:Cirandô, saúde na melhor idade 

 

 

 

 

 

Foto: Cirandô/internet 

Fonte: Cirandô

Redação Saúde no a

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *