Artigo 196 e suas correlações

Artigo 196 e suas correlações

A saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação, artigo 196, Constituição Federal.
Quando lemos esse artigo e correlacionamos com os dados da educação, saúde, IDH, saneamento, corrupção, violência, pobreza, desemprego, entre outros, percebemos o tamanho do fosso social e suas sequelas geradas por nosso desenvolvimento. Construímos uma sociedade doente, onde a concentração de renda alinhada à corrupção dos poderes e seus representantes oligárquicos cegaram a todos, com a ilusão no falso consumo, com imprensa comprometida e o comodismo hipnotizante
Sabe disso, quem já precisou de um atendimento no posto de Saúde e encontrou superlotado;
Sabe disso quem teve sua liberdade ceifada na obrigação da compra do gás na indicação da milícia
Sabe disso, quem tentou ensinar as crianças e percebeu que metade tem déficit cognitivo
Sabe disso quem teve que se esconder das balas perdidas nos confrontos diários do tráfico e da polícia
Sabe disso, quem teve que levar seu filho as presas para não morrer de overdose de droga
Sabe disso quem procura emprego há mais de 3 anos e cansado entra na estatística dos desalentados;
Sabe disso, quem convive com esgoto a céu aberto e suas crianças com verminose alimentadas pelo dinheiro desviado;
São tantas inoportunas situações que vivemos a cada dia, essas podendo ser evitadas.
Enquanto quem ocupa a esfera do poder e dinheiro não convergir os interesses para o bem comum e para paz, a nossa sociedade padece doente, definhando.
Enquanto as emergências e filas engrossam a cada dia, precisamos conhecer os caminhos para evita-las.
Primeiro salve as crianças, pois educar é mais fácil que reeducar
Se ama o seu filho não deixe consumir: sal, açúcar, refrigerantes, enlatados, muitas horas de jogos infernais digitais. Invista na saúde dele, suco da fruta a mais barata da época, legumes a vontade, carinho toda hora, valorização das ações, iniciativas as pequenas tarefas, correção das atividades escolares, muitas horas de esporte e lazer e água de boa qualidade. Pera! os alimentos preferencialmente orgânicos, pois é, os agrotóxicos também engrossam as filas.
Para nós adultos, idem, e os já acometidos pelos infortúnios dos maus hábitos, persistência em corrigi-los, sempre há tempo para recomeçar.
Tamanha a prosperidade divina, que no seu código celular, previu os agentes agressores e criou o reparo ao dano na reprodução celular. Obviamente tudo tem limites e conhecer esses limites é o caminho da vida saudável.
Paz e Luz! Ezequiel Oliveira, 27/06/19.

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *