Ampliação da Maternidade Climério de Oliveira

Ampliação da Maternidade Climério de Oliveira

O Governo do Estado cedeu um terreno para construção de uma nova maternidade na capital. O secretário da Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas, anunciou a construção de um novo prédio da Maternidade Climério de Oliveira (MCO), em Salvador, com investimentos estimados em R$ 70 milhões, a unidade será referência materno-infantil para todo o Estado.

Doado pelo Governo do Estado o terreno de aproximadamente 1.500m² doado pelo Governo do Estado, fica localizado ao lado da atual sede e reunirá o Centro Obstétrico, a UTI materna, e a UTI Neonatal, além dos serviços de Ginecologia e Mastologia, otimizando a assistência integral à saúde da mulher e da criança. Além da modernização do espaço físico, que amplia em cerca de três vezes a área de atendimento da MCO, a nova sede vai aumentar o número de leitos, que passará de 79 para 160.

Segundo o secretário, essa inauguração só vei afirmar o compromisso do governo com a saúde pública. “O Estado está profundamente comprometido com a assistência à população, tanto que está aplicando mais de R$ 60 milhões na ampliação e modernização da rede pública de assistência materno-infantil", disse Vilas-Boas que ainda ressalta, que a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) vai investir, apenas em 2017, R$ 288 milhões a mais do que este ano para manter a expansão da rede de saúde em todo estado.

De acordo com o secretário, “o Estado está profundamente comprometido com a assistência à população, tanto que está aplicando mais de R$ 60 milhões na ampliação e modernização da rede pública de assistência materno-infantil". Vilas-Boas ressalta, também, que a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) vai investir, apenas em 2017, R$ 288 milhões a mais do que este ano para manter a expansão da rede de saúde em todo estado.

A superintendente da maternidade, Mônica Almeida Neri, avalia a doação do terreno como um ato de generosidade do governo. “A iniciativa demonstra a sensibilidade do governador Rui Costa e da primeira-dama, Aline Peixoto, pois o novo edifício será mais um instrumento de qualificação da assistência que beneficia, sobretudo, mulheres e crianças”.

Redação Saúde No Ar 

Louise Batista 

 

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.