Alopecia: conheça a doença que afeta Jada Smith, Juliette e Naomi Campbell

Alopecia: conheça a doença que afeta Jada Smith, Juliette e Naomi Campbell

Após o comediante, Chris Rock, que durante a cerimônia da entrega do Oscar 2022, fez uma piada em referencia a Jada Pinkett, esposa do ator, Will Smith, o ator e esposo de Jada, deu um tapa no comediante. A piada foi feita por ela está careca.

Will Smith, pediu desculpas a Chris Rock e afirmou:

“A violência em todas as suas formas é venenosa e destrutiva. Meu comportamento no Oscar de ontem à noite foi inaceitável e imperdoável. Piadas às minhas custas fazem parte do trabalho, mas uma piada sobre a condição médica de Jada era demais para mim e reagi emocionalmente”. Will Smith levou o Oscar de melhor ator por “King Richard: Criando Campeãs”, e está ameaçado de ser punido pela Academia, por causa da agressão.

A atriz e apresentadora Jada Pinkett Smith fez um comentário após a piada de Chris Rock, mas não falou diretamente sobre o que aconteceu na cerimônia. “Este é um tempo de cura, e estou aqui para isso”.  ( Jorge Roriz).

 

Alopecia é a queda, transitória ou definitiva, dos cabelos ou dos pelos, podendo ocorrer de forma local, regional ou total

A atriz Viola Davis, a cantora Maraisa, a ex-BBB Juliette e a top model Naomi Campbell. O que elas têm em comum? Todas tornaram pública a luta contra a alopecia, condição que causa a queda de cabelo. Mais recentemente, a atriz Jada Smith, casada com o também ator Will Smith, se viu no centro de uma polêmica na cerimônia do Oscar 2022, quando o seu marido se desentendeu com Chris Rock em função de um comentário feito sobre ela, que tem a cabeça raspada por conta da alopecia.

“A alopecia é um dos problemas mais relacionados à perda de cabelo ou pelo entre homens e mulheres em qualquer parte do corpo. Ela pode ser causada por influências genéticas, processos inflamatórios locais ou doenças sistêmicas”, explica a dermatologista da Clínica InDerm, Dra. Camila Sampaio.

Entre os tipos mais comuns de alopecia está a areata, que é uma doença autoimune, ou seja, quando as células atacam o próprio organismo. Outro tipo comum da alopecia é a androgenética, que causa o afinamento progressivo dos fios. Nesse caso, é mais frequente entre os homens, cujas áreas mais atingidas são a coroa e a região frontal (entradas).

“Os tratamentos visam controlar a doença, reduzir as falhas e evitar que novas surjam, podendo ser injeções aplicadas no local, cremes, pomadas e comprimidos de uso oral”, destaca a dermatologista da Clínica InDerm, Dra. Fernanda Ventin.

Questões emocionais, estresse ou traumas também podem desencadear a doença. Mas, através de cuidados psicológicos e dermatológicos essa situação pode ser revertida.

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.