A saúde vascular das mulheres

A saúde vascular das mulheres

Programa Excelsior Saúde. 09/09/2020.

Patrícia Tosta, da Rádio Excelsior da Bahia AM 840, entrevistou o cirurgião vasculhar, e membro do Núcleo de Angiologia e Cirurgia Endovascular da Bahia (Nace) , Rodrigo Carvalho.

Tema da entrevista, a saúde vascular.

Algumas doenças vasculares têm relação direta com hormônios femininos. As alterações na quantidade de hormônios durante a vida da mulher são muitas, como, por exemplo, durante a gestação e a menopausa. O próprio uso de pílulas anticoncepcionais é indicado como fator que influencia no desenvolvimento de doenças do sistema circulatório, como as varizes, por exemplo.

Perguntado sobre o uso do salto alto, Dr. Rodrigues afirmou que o salto alto não causa varizes mas pode agravar o quadro para quem já possui varizes.

Por diversos motivos,  os problemas vasculares são maiores em mulheres do que em homens. Alguns fatores:

  • A incidência de varizes é maior nas mulheres do que em homens (com dados que indicam ocorrência mulher : homem variando de 2:1 até 4:1);
  • As mulheres estão mais expostas a alguns fatores de risco para desenvolvimento de trombose: gravidez e puerpério, uso de anticoncepcionais, reposição hormonal, varizes, etc;
  • A incidência da doença arterial periférica na mulher é maior a partir dos 60 anos de idade, devido a perda da proteção dos estrógenos com o advento da menopausa e também à maior incidência de diabetes a partir dessa faixa etária;
  • A incidência de aneurisma de aorta, comparando com a incidência em homens, é menor. No entanto, o risco de ruptura dos aneurismas de aorta é maior em mulheres, quando comparado ao risco em homens;

Fontes: https://www.bonde.com.br/ e  www. medicinapremium.com.br

 

Dr Rodrigo Carvalho

Residências médicas:  em Cirurgia Geral no Hospital Santo Antônio (OSID); Cirurgia Vascular no Hospital Ana Nery; em Angiorradiologia e Cirurgia Endovascular no Hospital Ana Nery;
Médico preceptor do Serviço de Cirurgia Vascular e Endovascular do Hospital Ana Nery – UFBA; Graduação em Medicina pela Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública.

Assista o vídeo do programa:

 

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *