Ministério da Saúde lança boletim sobre a saúde dos indígenas

Ministério da Saúde lança boletim sobre a saúde dos indígenas

Em celebração ao dia do índio, e com o objetivo de auxiliar a execução de políticas públicas de saúde para a população indígena, o Ministério da Saúde, divulgou nesta terça- feira (19), um boletim epidemiológico especial que reúne dados sobre zoonoses e doenças de transmissão vetorial em áreas indígenas.

O boletim é uma produção da Coordenação-Geral de Vigilância de Zoonoses e Doenças de Transmissão Vetorial (CGZV) do Departamento de Imunização e Doenças Transmissíveis (DEIDT) da Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS) e da Coordenação de Gestão da Atenção da Saúde Indígena (COGASI), do Departamento de Atenção à Saúde Indígena (DASI), da Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI) do Ministério da Saúde.

Acesse aqui o boletim

Segundo o Ministério da Saúde, mais de 779 mil indígenas, pertencentes a 305 etnias, que falam 274 línguas diferentes e vivem em mais de seis mil aldeias recebem atendimento médicos As Equipes Multidisciplinares de Saúde Indígena (EMSI), são compostas por médicos, enfermeiros, odontólogos, nutricionistas, psicólogos, farmacêuticos, técnicos em enfermagem, técnicos e auxiliares em saúde bucal, agentes indígenas de saúde e agentes indígenas de saneamento.

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.