Fiocruz desenvolve teste para Zika mais barato e rápido

Fiocruz desenvolve teste para Zika mais barato e rápido

Pesquisadores da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), em Pernambuco, desenvolveram um método simples e 40 vezes mais barato que o tradicional para detectar a zica.

Atualmente as cidades mais distantes das capitais demoram até 15 dias para receber o resultado.

Com um kit rápido, basta coletar amostras de saliva ou urina, misturar com reagentes fornecidos em um pequeno tubo plástico e depois de vinte minutos depois o diagnóstico de Zika pode ser confirmado.

A expectativa é que o novo método chegue aos postos de saúde antes do final do ano,

“Tendo em vista que a técnica atual (PCR) é extremamente cara e o Brasil tem poucos laboratórios de referência que podem realizar o diagnóstico de Zika – até um tempo atrás eram apenas cinco, inclusive a Fiocruz de Pernambuco -, uma cidade pequena, no interior do estado, acaba prejudicada. A amostra precisa sair do interior, ir para a capital, para ser processada, enfim, se pensarmos nesses municípios, o resultado pode demorar 15 dias”, destaca Ribeiro.

O teste elaborado pela Fiocruz Pernambuco é também mais preciso, ou seja, tem uma taxa de erro menor. As informações são de um dos criadores da técnica, o pesquisador da unidade, Jefferson Ribeiro.

Fonte: Fiocruz – Agência Estado

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *