Joe Biden anuncia a suspensão da importação do petróleo da Rússia

Joe Biden  anuncia a suspensão da importação do petróleo da Rússia

O presidente dos EUA, Joe Biden, na Casa Branca, em Washington , anunciou  a suspensão da importação do petróleo da Rússia. A decisão terá um grande impacto na economia global.  Segundo Biden, os EUA produzem mais petróleo do que os países europeus, ” “Defender a liberdade tem um custo”, afirmou Biden. “Vamos produzir energia limpa e impedir que se use petróleo como arma de guerra.” A Decisão é apoiada pelo Congresso americano ( Democrátas e Repúblicanos).

Os EUA importam apenas 7% do petróleo da Rússia e é um grande produtor. Os países europeus dependem mais do petróleo Russo.

O impacto econômico de um conflito envolvendo o maior exportador de petróleo e gás do mundo e dois de seus maiores produtores de grãos e metais também se intensificou nesta terça-feira (8), alimentando preocupações de que isso possa atrapalhar a recuperação global da pandemia de coronavírus.

A União Europeia também  vai acabar a dependência  dos combustíveis fósseis antes de 2030 e reduzir o uso dos combustíveis fósseis até dezembro deste ano. 40% gás  e 1/4 do combustível fósseis da Europa, vem da Rússia.

O barril do petróleo tipo Brent chegou a bater a máxima de US$ 139,13 (R$ 706,11) na noite do domingo, refletindo o temor de investidores pelos potenciais impactos econômicos da guerra.

O preço do petróleo já teve uma disparada de mais de 20% somente durante a semana passada, por causa dos conflitos no Leste Europeu, que reduziram a oferta proveniente da Rússia, uma das principais produtoras globais da matéria-prima.

REINO UNIDO PREPARA ANÚNCIO DE REDUÇÃO

O governo britânico fará um anúncio por volta das 16h GMT (13h no horário de Brasília) na terça-feira (8) sobre como pretende reduzir as importações russas de petróleo e gás ao longo do tempo, disse o repórter do Politico, Alex Wickham, no Twitter.

Segundo a Reuters, o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, disse na segunda-feira (7) que o mundo não pode simplesmente parar de usar petróleo e gás da Rússia, mas pode acelerar a transição

Fonte: Steve HollandPavel Polityuk / Reuters

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.