Esclarecimentos do ministro da Saúde na Câmara dos Deputados

Esclarecimentos do ministro da Saúde na Câmara dos Deputados

O ministro da Saúde, Henrique Mandetta, compareceu na  Câmara dos deputados para esclarecer a situação do coronavírus no país.

Segundo o ministro, após o decreto da pandemia, se qualquer pessoa chegar de qualquer país se demonstrar os sintomas devem ser examinadas
90% são casos leves.

Brasil tem 37 casos confirmados pelo Ministério da Saúde que estão distribuídos por São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Bahia, Alagoas, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Distrito Federal. O País tem 876 casos suspeitos e 1.042 análises foram descartadas.

Mandetta elogia a resposta do sistema de saúde público diante do coronavírus. “Nossa vigilância em saúde foi a que fez os movimentos mais antecipados“, afirmou. “Fomos os primeiros a falar que é um pandemia.”

“Conseguimos adquirir, aproximadamente, 20 milhões de máscaras cirúrgicas”, informou o ministro. Antes, a unidade era comprada por R$ 0,20; agora, o ministério pagou R$ 2 por unidade, segundo Mandetta. Também foram adquiridas 4 milhões de máscaras N95.

Após a OMS decretar pandemia de coronavírus no mundo, o ministro, disse que por enquanto não existem mudanças em relação ao protocolo adotado contra a doença no Brasil. Na opinião dele, a OMS demorou para decretar pandemia. Para o ministro, mudanças de protocolo só devem ocorrer quando o país tiver confirmação da transmissão sustentada

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *