Câncer de pele: Você faz parte desse grupo de risco ?

Dra ana cristina guerra - dermatologista Pra você que curte pegar uma praia e passar horas no sol, fique atento aos riscos que pode contrair. A estimativa do Instituto Nacional de Câncer (Inca) para o biênio 2018-2019 é que surjam 165.580 novos casos de câncer não melanoma. Sendo que o surgimentos do câncer de pele é gerado exatamente pela exibição intensa contínua e diária do corpo ao sol, o seu desenvolvimento se dá a partir do crescimento anormal dos cancros que se formam na pele, assim gerando a capacidade de se expandir para as demais áreas do corpo.

Será que você faz parte do grupo de risco? Confira o que pode influenciar!  

– Histórico familiar

– Se você já teve, pode contrair outros cancer durante a vida.

– Muitasqueimaduras solares durante a vida (vermelhidão, assaduras, dispelação).

– Sardas são provenientes a queimaduras ou uma pele sensível (ruivos, peles claras).

– Pessoas que tem vários sinais pelo corpo, tem mais chances de ter o câncer do tipo melanoma.

A Dermatologista e Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, Drª Ana Cristina Guerra chama atenção para esses sintomas e traz o exemplo de feridas que nunca cicatrizam, “essas feridas ou cicatrizes podem aparecer em qualquer parte do corpo em especial no rosto e no nariz, também uma acne que é espremida com frequência pode se transformar em uma lesão benigna ou maligna”, esclarece a doutora. 

Com a intenção de apurar os sinais apresentados, existe um auto exame chamado de ABCDE, que é analisado levando em conta :
lesoes-de-pele-1

 

 

 

 

 

 

 

PREVENÇÃO 

Na hora  de se proteger contra os raios ultravioleta, o uso do protetor pode auxiliar no combate ao câncer de pele, mas saber fazer a escolha do filtro solar é fundamental para que o produto faça. Para evitar danos, a escolha do filtro deve ser feita de acordo com a sua pele.

  • FPS entre 30  60: são indicados para pele branca ou muito branca

  • FPS entre 20 e 30: para peles morenas

  • FPS entre 6 a 20: em peles negras

É necessário  também repor o produto várias vezes por dia, uma vez que é aplicado não tem a duração até o final do dia. Já que o suor, ajuda para a remoção do produto. Outros meios para se proteger dos raios solares é através de chapéu de abas largas, roupas de tecido UV, sombreiros e óculos escuros para evitar a catarata.

Para saber mais, ouça a matéria completa 

 

Redação Saúde no ar  (Samantha Scarlet)

Foto: Produção Saúde no ar

Fonte: Drª Ana Cristina Guerra

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *