Brasil tem 500 mil crianças que não foram vacinadas contra a poliomielite

Brasil tem 500 mil crianças que não foram vacinadas contra a poliomielite

“Temos hoje no País 500 mil crianças que não foram vacinadas”, ( contra a poliomielite),. “Esse número é altamente preocupante, sobretudo porque estamos próximos de dois países de altíssimo risco de infecção, Haiti e Bolívia.” A afirmação é de Akira Homma, diretor de Biomanguinhos, da Fiocruz. em entrevista ao jornal O Estado de São Paulo.  Ele foi um dos responsáveis pela erradicação da poliomielite no País na década de 1980.

O número alto de pessoas sem proteção contra a doença levou a Organização Panamericana de Saúde (Opas) a incluir o Brasil na lista dos oito países da América Latina com alto risco de volta da infecção.

A vacina injetável da pólio está disponível no Brasil desde 1973. Mas foi só nos anos 80, com a introdução da vacina oral e das campanhas nacionais de vacinação (o Zé Gotinha foi criado nessas ações), que a doença foi finalmente erradicada, em 1989. “Tínhamos a mobilização de toda a sociedade”, lembra Homma. “Chegamos a vacinar em um único dia 18 milhões de crianças.”

Em nota, o Ministério da Saúde informou que “monitora atentamente as coberturas vacinais e tem trabalhado para intensificar as estratégias necessárias para reverter o cenário de baixas coberturas”. A pasta informou ainda que recomenda aos Estados, municípios e Distrito Federal que realizem a busca ativa para imunização e reforça a importância da manutenção das ações de vacinação de rotina. O ministério disse ainda que a divulgação de informações sobre a segurança e efetividade das vacinas como medida de saúde pública também fazem parte de ações realizadas durante todo o ano.

Fonte Estadão

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.