Bolsonaro se hospedou em embaixada para fugir de uma suposta prisão ?

A Polícia Federal vai apurar as circunstâncias da hospedagem do ex-presidente Jair Bolsonaro na Embaixada da Hungria, em Brasília, entre os dias 12 e 14 de fevereiro, poucos dias após a deflagração da Operação Tempus Veritatis, que investiga a existência de uma suposta organização criminosa que teria atuado numa tentativa de golpe de Estado no Brasil.

A matéria do jornal dos Estados Unidos, Nova York Times, sugere que Bolsonaro, alvo de investigações criminais, tentou fugir da justiça já que o ex-presidente não pode ser preso em uma embaixada estrangeira que o acolheu, porque está legalmente fora do alcance das autoridades nacionais.
A embaixada de um país é como se fosse território de um país, a polícia brasileira não pode entrar.
Qual a razão de Bolsonaro passar dois dias em uma embaixada em Brasília? Se ele tem residência em Brasilia?

O The New York Times teve acesso a imagens da câmera de segurança da embaixada, que mostram que o ex-presidente permaneceu dois dias no local, acompanhado por seguranças e funcionários do escritório diplomático. O embaixador Miklós Halmai também aparece acompanhando o presidente no local.

Se for constatado que Bolsonaro se hospedou na embaixada agindo assim por pensar que seria preso, ele poderá ser preso por obstruir a justiça. A hospedagem em um país ou uma embaixada, significa fuga da justiça.

O jornalismo independente e imparcial com informações contextualizadas tem um lugar importante na construção de uma sociedade , saudável, próspera e sustentável. Ajude-nos na missão de difundir informações baseadas em evidências.Apoie e compartilhe