Bolsonaro está sendo monitorado após chefe do Secom ter exame positivo de coronavírus

Bolsonaro está sendo monitorado após chefe do Secom ter exame positivo de coronavírus

o chefe da Secretaria de Comunicação ( Secom)  do governo Bolsonaro Fabio Wajngarten,  fez exame no hospital Albert Einstein e o resultado foi positivo.  Ele esteve com Bolsonaro e Trump  nos EUA.

O presidente Jair Bolsonaro ( além de ministros e assessores que viajaram com ele aos Estados Unidos no último final de semana, estão sendo monitorados por prevenção contra o novo coronavírus

Participaram da comitiva os ministros Ernesto Araújo (Relações Exteriores), Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional),  Fernando Azevedo e Silva (Defesa) e Bento Albuquerque (Minas e Energia). Também viajaram os senadores Nelsinho Trad (PTB-MS) e Jorginho Mello (PL-SC); os deputados Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e Daniel Freitas (PSL-SC), o assessor especial Filipe Martins, o presidente da Embratur, Gilson Machado, o secretário especial de Pesca, Jorge Seif Jr, entre outros.

Na quarta (11), depois da publicação da notícia, Wajngarten se manifestou no Twitter. “Em que pese a banda podre da imprensa já ter falado absurdos sobre a minha religião, minha família e minha empresa, agora falam da minha saúde. Mas estou bem, não precisarei de abraços do Drauzio Varella”, postou ele na rede social.

Os ministros e o presidente trabalham normalmente. Somente se algum deles tiverem os sintomas, deverão procurar uma unidade médica.

Em nota, o Palácio do Planalto informou que o Serviço Médico da Presidência da República “adotou e está adotando todas as medidas preventivas necessárias para preservar a saúde do presidente e de toda comitiva presidencial que o acompanhou, bem como dos servidores do Palácio do Planalto”. Wanjgarten ficará em quarentena em sua casa em São Paulo e só retornará ao trabalho quando não houver mais risco de transmissão da doença.

 

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *