Após alerta Russo sobre o risco de conflito mundial, países intensificam envio de armas á Ucrânia

Após alerta Russo sobre o risco de conflito mundial, países intensificam envio de armas á Ucrânia

Rússia alerta para o risco de uma 3ª guerra mundial e EUA intensifica envio de armas

Na última segunda- feira, (25/04), um dia após a visita dos secretários norte- americanos a Kiev, a Rússi advertiu sobre o “perigo real do conflito se transformar na III Guerra Mundial. O perigo é sério, é real, não podemos subestimá-lo”, considerou.

A Rússia ameaça os países que ajudam a Ucrânia. O governo britânico afirmou que esse raciocínio é um absurdo, porque o fornecimento de armas é para defesa de um país que está sendo atacado.

No dia em que o exército russo anunciou ter atingido cerca de cem alvos na Ucrânia, incluindo instalações ferroviárias no centro do país, o chefe da diplomacia russa, Sergey Lavrov, acusou o Presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, de “fingir” para discutir com Moscovo.

“É um bom ator (…), se olhar com atenção e ler atentamente o que ele diz, encontrará mil contradições”, afirmou Lavrov, citado pelas agências de notícias russas.

Os dois altos responsáveis políticos norte-americanos disseram, numa reunião com Zelensky, que os EUA aprovaram 713 milhões de dólares em financiamento militar estrangeiro para a Ucrânia e 15 países aliados e parceiros vão ajudar a armar a Ucrânia.

vA Rússia anunciou ontem um cessar-fogo sobre Mariupol para permitir a retirada de civis de Azovstal, mas as autoridades ucranianas anunciaram que a medida falhou. Moscovo, por seu turno, acusou Kiev de impedir a operação de retirada.

Representantes de mais de 40 países se reuniram nesta terça-feira (26) para ampliar o apoio militar à Ucrânia. E numa mudança de posição, os alemães decidiram fornecer armamento pesado aos ucranianos.

A Rússia fez dezenas de ataques aéreos na Ucrânia em 24 horas. O ministério russo da Defesa afirmou que matou só nesses bombardeios 500 militares ucranianos.

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.