Anvisa aprova Coquetel de anticorpos contra Covid

Anvisa aprova Coquetel de anticorpos  contra Covid

Nesta quinta´- feira (13/05), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou por unanimidade  o uso da combinação de dois anticorpos monoclonais o  banlanivimabe e o  etesevimabe, para pacientes de Covid. A área técnica e os diretores avaliaram que o uso combinado dos medicamentos da empresa Eli Lilly do Brasil, para casos em estágios iniciais traz benefícios, ainda que permaneçam algumas incertezas.

A decisão foi anunciada durante reunião extraordinária e tem caráter emergencial, com autorização temporária para atender às demandas da pandemia.

Os medicamentos   são indicados para adultos e pacientes pediátricos, acima dos 12 anos e com mais de 40 quilos, com infecção comprovada em laboratório e que estejam no grupo de alto risco para a doença (comorbidades, idade avançada, obesidade etc.). A Anvisa fez uma ressalva. Os pacientes com quadro grave da doença, não podem usar a medicação porque  pode “piorar o desfecho clínico”.

Os medicamentos são indicados logo após a identificação do coronavírus no corpo e até dez dias após o início de sintomas. A Anvisa também reforçou que o uso é restrito a hospitais, sob prescrição médica, e não pode ser comercializado em farmácias. De acordo com o estudo clínico apresentado à agência, o tratamento reduz em até 70% o risco relativo da covid-19.

A posologia indicada é de 700 mg do banlanivimabe e 1400 mg do etesevimabe, administrados em infusão intravenosa (solução aplicada na veia). Ainda não há, entretanto, dados que garantam a eficácia e segurança do tratamento em pacientes menores de 18 anos ou gestantes. O uso em crianças deve ser feito com base em avaliações de farmacocinética.

Outro medicamento já aprovado pela Anvisa para tratamento da Covid  é o Remsedevir.

JR

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *