Aids e Tuberculose: Saiba como se prevenir

04.12.fwAids é a sigla em inglês da síndrome da imunodeficiência (acquired immunodeficiency syndrome). Podendo ser potencialmente fatal, a Aids é uma doença crônica. Quando a pessoa infectada pelo HIV tem seu sistema imunológico danificado pelo vírus, interferindo na habilidade do organismo de lutar contra invasores que causam doença, além de deixar a pessoa vulnerável a infecções – como tuberculose, pneumocistose, toxoplasmose e Sarcoma de Kaposi.

Pneumonia é uma infecção que se manifesta nos pulmões (órgão localizado um de cada lado da caixa torácica). Pode atacar a região dos alvéolos pulmonares onde estão localizadas as ramificações terminais dos brônquios e, às vezes, os interstícios (espaço entre um alvéolo e outro).

Para evitar a transmissão da aids, recomenda-se o uso de preservativo durante as relações sexuais, a utilização de seringas e agulhas descartáveis e o uso de luvas para manipular feridas e líquidos corporais, bem como testar previamente sangue e hemoderivados para transfusão.

O tratamento da AIDS é feito com medicamentos antirretrovirais que são fornecidos gratuitamente pelo SUS. Estes medicamentos combatem o vírus e fortalecem o sistema imune. Além disso, é importante seguir o tratamento da AIDS para diminuir a carga viral, aumentando o tempo e a qualidade de vida da pessoa, e também para diminuindo o risco de desenvolver as doenças relacionadas a AIDS como a Tuberculose e a Pneumonia, por exemplo.

O tratamento da pneumonia requer o uso de antibióticos, e a melhora costuma ocorrer em três ou quatro dias. A internação hospitalar para pneumonia pode fazer-se necessária quando a pessoa é idosa, tem febre alta ou apresenta alterações clínicas decorrentes da própria pneumonia, tais como: comprometimento da função dos rins e da pressão arterial, dificuldade respiratória caracterizada pela baixa oxigenação do sangue porque o alvéolo está cheio de secreção e não funciona para a troca de gases.

O assunto foi tema desta terça 4, no Programa Saúde no ar com a Diretora Geral do Instituto Couto Maia, Ceucí Nunes como nossa convidada. O programa tem transmissão ao vivo pelas Rádios Excelsior AM 840 e Saúde no ar (web) com a condução de Patrícia Tosta.

Ouça a entrevista:

Leia mais: AIDS: é possível ter o vírus e não transmitir?

 

 

 

 

 

Foto: Produção Saúde no ar

Redação Saúde no ar (DS)

 

 

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *