Morre o físico Peter Higgs, ganhador do Prêmio Nobel

Morreu, nesta segunda-feira, o físico inglês Peter Higgs, aos 94 anos. O pesquisador formulou a teoria que explica como as partículas adquirem massa, premiada pelo Nobel de Física de 2013 e desenvolvida em 1964. O bóson de Higgs, apelidado de “partícula de Deus”, teve existência foi comprovada em julho de 2012 por experimentos do Grande Colisor de Hádrons (LHC), o maior acelerador de partículas do mundo.

A morte de Higgs foi anunciada pela Universidade de Edimburgo. “Ele faleceu tranquilamente em sua residência na segunda-feira, 8 de abril, após uma breve doença”, afirmou a universidade em comunicado.

Segundo a teoria, logo após o surgimento do Universo, no Big Bang, existiu uma força invisível conhecida como campo de Higgs. Essa força se formou junto com o bóson do mesmo nome e abriu caminho para que as demais partículas ganhassem massa.

A forma como o campo de Higgs deu massa às demais partículas é comparável por muitos físicos à forma como a água de uma piscina dificulta o movimento à medida que nadamos. Se partículas não tivessem massa — que é a resistência de um objeto a mudanças de velocidade — elas estariam viajando pelo Universo à velocidade da luz.
Foi proposta em 1964 por seis cientistas, incluindo um chamado Peter Higgs, que desenvolveu uma explicação para as propriedades da massa.

Peter Mathieson, diretor da universidade de Edimburgo. ,declarou que “Peter Higgs foi um indivíduo notável – um cientista verdadeiramente dotado, cuja visão e imaginação enriqueceram o nosso conhecimento do mundo que nos rodeia”

O jornalismo independente e imparcial com informações contextualizadas tem um lugar importante na construção de uma sociedade , saudável, próspera e sustentável. Ajude-nos na missão de difundir informações baseadas em evidências.Apoie e compartilhe