Médico obstetra é suspeito de cometer racismo em Itabuna-BA

Médico obstetra é suspeito de cometer racismo em Itabuna-BA

Um médico obstetra foi preso por suspeita de racismo na última quarta-feira (21) em Itabuna-BA. Na denúncia, a auditora, que é uma mulher negra, disse que o obstetra Luís Leite falou que ela era bonita por ter ‘sangue branco’. O caso aconteceu durante uma auditoria na Maternidade Otaciana Pinto, onde médico estava de plantão.

Segundo a denunciante, o médico teria afirmado: “Você já viu alguém com pele preta ser bonita assim? Então, afirmo que se você é bonita é porque você tem sangue branco”.

“A vítima diz que trata-se de uma frase racista, ela estava no hospital quando foi abordada por esse médico, elogiando a cor da pele e afirmando que se ela tem uma pele bonita é porque ela tem sangue de branco”, disse a delegada Lisdeili Nobre, que investiga o caso.

O jornalismo independente e imparcial com informações contextualizadas tem um lugar importante na construção de uma sociedade , saudável, próspera e sustentável. Ajude-nos na missão de difundir informações baseadas em evidências. Apoie e compartilhe