Dia mundial da meditação: confira cinco dicas para começar essa prática

O monge Satyanatha, que já ajudou milhares de pessoas a meditar e é a principal voz do app Atma, preparou cinco dicas para quem quer adotar a prática

No próximo dia 21 é comemorado o dia mundial da meditação, uma prática milenar que vem conquistando cada vez mais adeptos em todo o mundo devido aos benefícios que traz para a saúde mental. O monge Satyanatha, que já ajudou milhares de pessoas a meditar e é a principal voz do app Atma, preparou cinco dicas para quem quer adotar a prática.

 

  1. Como começar e por quanto tempo? Comece sabendo que a meditação é um processo natural. Assim como qualquer pessoa pode se alongar, todo mundo pode e deve meditar. Assim, é importante seguir orientações, como a do app Atma. E por quanto tempo? A meditação deve começar curta para que possa ser encaixada na sua rotina: três minutos, cinco minutos. Conforme você perceber o quanto a meditação tem impactado positivamente sua vida, naturalmente você vai querer aumentar o tempo para a prática. Então, por quanto tempo? Pouco. O tempo que se encaixa no seu dia, mas considere isso como um presente para você e repita.

 

  1. Onde meditar? Preparar o ambiente para o exercício é apenas criar um local protegido – um espaço em que você possa fechar a porta, entrar em relativo silêncio e mergulhar em si mesmo. Procure um cantinho da sua casa relativamente calmo, onde você possa se sentar por 10 minutos, sem ser interrompido. Aí, é só colocar seu fone de ouvido, abrir o Atma e deixar fluir na meditação guiada. Se você já é experiente, deixe-se levar naquele momento que é só seu.

 

  1. Tem hora certa? Não há momento certo ou errado, no entanto, a meditação pode ser uma aliada especial para começar o dia. Portanto, a dica é praticar antes de trabalhar ou de ir para a escola. Assim como o banho limpa a pele, a meditação limpa a mente. Se tomamos um banho para estarmos na nossa melhor versão para encontrar um amigo ou para ir para uma reunião, a gente medita para estar no melhor estado para começar a trabalhar ou estudar.

 

  1. É para todo mundo? Meditação não tem idade! Da criança ao idoso, todo mundo pode aprender e sentir os benefícios dessa prática.

 

  1. Se eu pegar no sono durante a meditação é porque não deu certo? Meditar pode ter vários objetivos. Todos nos levam ao autoconhecimento, a uma vida mais ponderada, de pensamentos mais claros, mas existem meditações para aumentar a eficiência e performance no trabalho, a potência no esporte, a inteligência numa prova ou aumentar o relaxamento e nos levar a dormir. Se a opção escolhida é uma das muitas que são de relaxamento e aprofundamento, está ótimo se você acabar dormindo. É claro que se você escolher uma dedicada à alta performance e dormir, talvez você não tenha optado pela meditação que, na verdade, o seu corpo queria. Porém, não tem problema dormir. Há muitas meditações que se você terminar dormindo isso foi o triunfo! O sono se torna uma continuação gostosa da meditação.

 

Com mais de 1000 meditações, o Atma oferece trilhas gratuitas de conteúdo, além de contar com uma versão completa, que inclui todas as músicas e os sons de fundo do app, por uma assinatura mensal de R$ 16,90 – clientes da Vivo podem contratar o serviço por um valor especial de R$ 15,99 por mês. Em maio, em comemoração ao dia mundial da meditação, o Atma vai ganhar 15 meditações, em versões de 05, 10 e 20 minutos. Outra novidade é o podcast Conexão Atma, apresentado por Satyanatha e que tratará de temas como meditação e autoconhecimento, além de abordar os benefícios da prática para a saúde mental e física. O podcast, com periodicidade quinzenal, estará disponível nas principais plataformas de streaming a partir da segunda semana de maio.

O jornalismo independente e imparcial com informações contextualizadas tem um lugar importante na construção de uma sociedade , saudável, próspera e sustentável. Ajude-nos na missão de difundir informações baseadas em evidências.Apoie e compartilhe