Brasil vai fabricar vacinas contra a dengue para serem aplicadas em 2025

Estudos preliminares apontam que a eficácia da vacina contra a dengue produzida pelo instituto Butantan é de 79,6% para evitar a doença.

No segundo semestre desta ano, o Butantan deverá submeter a análise da vacina para a Anvisa e em caso de aprovação as vacinas estarão disponíveis para os brasileiros em 2025. Atualmente o Brasil importa a vacina da dengue do Japão e o estoque do fornecedor é bastante reduzido.

Existem quatro subtipo da dengue. A pessoa que foi contaminada por um subtipo não se contamina  com o subtipo que o contaminou mas poderá ser infectado com os outros três subtipos. A vacina fabricada pelo Instituto Butantan, combate os quatro subtipos.

“Os resultados que temos de dois anos são muito satisfatórios. Estamos na fase final de desenvolvimento do estudo de fase 3, que vai completar o acompanhamento do último voluntário no meio desse ano. Estamos consolidando os dados de seguimento controlado para saber se a proteção de 80% é sustentada durante cinco anos”, explicou Esper, que é médico infectologista do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, e participou do estudo como investigador principal.

A eficácia evidenciada no ensaio clínico, de 79,6%, envolveu tanto quem já tinha tido dengue como aqueles sem infecção prévia. Ao longo de dois anos, a proteção foi observada em todas as faixas etárias, sendo 90% em adultos de 18 a 59 anos, 77,8% em quem tinha de 7 a 17 e 80,1% nas crianças de 2 a 6 anos. Como no período do estudo circularam apenas os sorotipos 1 e 2 no Brasil, até o momento foi possível descrever uma eficácia de 89,5% para DENV-1 e 69,6% para DENV-2. Desde 2016, vem sendo analisados 16.235 voluntários de todo o país, com idades de 2 a 59 anos, em 16 centros de pesquisa.

 

O jornalismo independente e imparcial com informações contextualizadas tem um lugar importante na construção de uma sociedade , saudável, próspera e sustentável. Ajude-nos na missão de difundir informações baseadas em evidências.Apoie e compartilhe