Balanço das vítimas de queimaduras durante as festas juninas

Balanço das  vítimas de queimaduras durante as festas juninas

Um total de 53 pessoas foram atendidas nos Hospitais Geral do Estado (HGE), Regional de Santo Antônio de Jesus (HRSAJ) e do Oeste, entre os dias 20 e 26 últimos, vítimas de acidentes com fogos de artifício e fogueiras. No HGE, foram 39 atendimentos, 13 no HRSAJ e 1 no HO.

Depois de dois anos sem a programação de festejos juninos, em função da pandemia, a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) reforçou o atendimento nas unidades de referência para assistência a queimados, além de ter alertado à população para que aproveitasse as festas sem esquecer os riscos de acidentes com fogos de artifício e fogueiras.
Dados das duas principais unidades hospitalares especializadas em tratamento de queimados da rede estadual, o Hospital Geral do Estado (HGE) e o Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus (HRSAJ), referentes aos últimos 4 anos, mostraram um acréscimo no número de acidentes no período entre 20 e 30 de junho, quando comparados os dois anos com festejos (2018 e 2019) e os dois sem festejos e com pandemia (2020 e 2021).

Na Bahia, existem três unidades com CTQ – Centro de Tratamento de Queimados que ganharam reforço nos plantões durante o período: o HGE, o HRSAJ e o HO – Hospital do Oeste. O CTQ é uma espécie de UTI com médicos plantonistas, enfermeiros, técnicos de enfermagem e fisioterapeutas 24 horas.