Pesquisa que mostra eficiência de diuréticos na prevenção da hipertensão

Pesquisa que mostra eficiência de diuréticos na prevenção da hipertensão

Um estudo realizado no Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco (HC-UFPE) e em outros 20 centros de pesquisas em dez estados do Brasil comprovou a relação do uso de diurético com prevenção da hipertensão. O estudo multicêntrico “Prever”, teve a coordenação dos pesquisadores Sandra e Flávio Fuchs, do Hospital das Clínicas de Porto Alegre (HCPA). Segundo a pesquisa, a combinação dos diuréticos clortalidona e amilorida reduziu em 44% os riscos de…

Pressão alta:um problema mundial

Pressão alta:um problema mundial

Presão alta é um risco global. Pesquisadores do Instituto de Métricas de Saúde e Avaliação da Universidade de Washington (EUA) analisaram 844 estudos de 154 países que incluíram 8,69 milhões de participantes para examinar a carga de saúde associada à pressão arterial sistólica (PAS), a pressão quando o coração bate enquanto bombeia sangue e concluíram que  o  número de pessoas com pressão arterial alta aumentou substancialmente em todo o mundo nos últimos 25…

Casos de infarto aumentam 30% durante inverno

Casos de infarto aumentam 30% durante inverno

O infarto é uma das principais causas de morte entre os brasileiros. Durante o período de inverno, o número de casos atendidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) chega a subir cerca de 30%, especialmente entre a população idosa. Isso porque entre julho e agosto, quando as temperaturas médias ficam em torno de 14 graus em algumas regiões do País, a reação do corpo ao frio pode desencadear esse quadro.  Segundo o cardiologista…

Medicina Mente-Corpo reduz ataques cardíacos

      Estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Duisburg-Essen na Grã-Bretanha, concluiu que a Medicina Mente-Corpo é uma abordagem holística que está se mostrando capaz de evitar mais ataques cardíacos do que os programas de prevenção convencionais. Segundo o Diário da Saúde, a conclusão foi obtida depois de uma revisão sistemáticas e uma meta-análise envolvendo todos os estudos publicados sobre o tema. Os resultados foram apresentados na última edição da revista médica Deutsches Ärzteblatt…

Vitamina D pode diminuir risco de doenças do coração

Vitamina D pode diminuir risco de doenças do coração

O uso do suplemento de vitamina D diariamente pode prevenir o surgimento de doenças cardíacas, aponta um estudo apresentado neste domingo (1º) na conferência anual da Sociedade de Endocrinologia em Edimburgo, na Escócia. Para a pesquisa, 13 voluntários receberam doses diárias de vitamina D durante um período de duas semanas. Todos os integrantes foram acompanhados pelos pesquisadores da Universidade Queen Margaret, em Edimburgo. Os suplementos de vitamina D são indicados no caso de…

Como garantir um coração saudável

Como garantir um coração saudável

As doenças cardiovasculares são responsáveis por aproximadamente 30% das mortes registradas no Brasil e as principais causas são o infarto, o AVC (Acidente Vascular Cerebral) e a morte súbita. Hábitos sedentários contribuem muito para que isso aconteça, mas não são os únicos: a forma de se alimentar também pode ser uma das causas de doenças coronarianas. Como é mais produtivo prevenir que remediar, lembramos que uma alimentação saudável não é tão difícil, nem tampouco…

Coração mata 350 mil brasileiros por ano

Coração mata 350 mil brasileiros por ano

Segundo a Sociedade Brasileira de Cardiologia, aproximadamente 350 mil pessoas morrem anualmente no Brasil em decorrência de doenças cardiovasculares. Algumas das ocorrências cardíacas que mais levam os brasileiros a procurarem atendimento médico são a Síndrome Coronariana Aguda (33,4% do total), a Doença Cardíaca Hipertensiva ou Crise Hipertensiva (29,4%) e a Insuficiência Cardíaca (15,7%). Os dados se referem a um estudo elaborado pela Orizon para marcar o Dia Mundial do Coração, comemorado no dia…

Cerveja previne infarto feminino

Cerveja previne infarto feminino

Um estudo realizado por pesquisadores suecos descobriu que a mulher que bebe até um litro de cerveja por semana reduz em até 30% o risco de sofrer um ataque cardíaco ao longo da vida.  Para realizar a pesquisa, eles acompanharam a vida de cerca de 1.500 mulheres, com idades entre 32 e 60 anos, ao longo de 32 anos. Durante esse período, elas tinham que relatar a quantidade de cerveja, vinho e outras…

Hupes comemora Dia Mundial do Coração

Hupes comemora Dia Mundial do Coração

No Dia Mundial do Coração, comemorado a 29 de outubro, portanto nesta terça-feira, uma equipe multidisciplinar do Complexo Hospitalar Universitário Professor Edgard Santos, também conhecido como Complexo HUPES vai realizar ações educativas para os seus trabalhadores na entrada principal intituladas “A saúde do seu coração também é nossa” das 8 às 17 horas. As atividades visam chamar a  atenção para a necessidade de se manter hábitos saudáveis e prevenir as doenças cardiovasculares.. Cardiologistas, residentes, equipe…

Dia do portador de marcapasso

Dia do portador de marcapasso

  Em comemoração ao Dia do Portador de Marcapasso, (23.09), cardiologistas de todo o Brasil promoveram uma campanha para orientar a população como identificar alterações nos batimentos cardíacos, que podem ser indicativos de arritmias cardíacas e de doenças cardíacas, como por exemplo insuficiência cardíaca. Com o tema TOME UMA MEDIDA DE PULSO, médicos e profissionais da área de saúde prestaram orientações sobre como medir a frequência cardíaca de forma bastante simples: pela medição dos batimentos no…

Sexo esporádico provoca infartos

Sexo esporádico provoca infartos

Uma pesquisa divulgada recentemente no "Journal of the American College of Cardiology" aponta  que a prática de sexo de maneira esporádica provoca infartos, no entanto, a maioria das pessoas que sofrem um ataque do coração pode retomar a atividade sexual. As informações são da EFE. De acordo com o estudo, a prática sexual é paralela as atividades físicas, como subir duas escadas de vários degraus ou dar um passeio a bom ritmo. Baseado nos…

Emoção negativa pode desencadear a síndrome do coração partido

Emoção negativa pode desencadear a síndrome do coração partido

A síndrome do coração partido ou tako-tsubo é o nome dado à um problema cardíaco que acontece quando a pessoa sofre uma emoção negativa muito forte, como o término de um casamento, a descoberta de uma traição, um acidente, ou a perda de um ente querido. Acredita-se que excesso de adrenalina provado por este susto, por esta emoção forte, seja o responsável pelo mal funcionamento cardíaco. O eletrocardiograma altera, mas quando a pessoa…

Colesterol elevado pode ser controlado com uma boa alimentação

Colesterol elevado pode ser controlado com uma boa alimentação

O colesterol com taxas elevadas  dificilmente  tem sintomas, a menos que a situação seja grave. Considerado pela Sociedade Brasileira de Cardiologia como grave problema de saúde pública é preciso que a população tome medidas preventivas. Segundo a SBC, o tratamento de hipercolesterolemia familiar é fácil e muito eficiente e a identificação das famílias com a tendência genética também. Se em uma família há registro de duas ou mais pessoas que tiveram infarto, principalmente…

Ficar em pé contribui para saúde do coração

Ficar em pé contribui para saúde do coração

Ficar em pé no lugar de sentar pode contribuir para nos manter em boa saúde cardiológica, isso  segundo um estudo publicado nesta sexta-feira (31/07),  na revista da Sociedade Europeia de Cardiologia, o European Heart Journal. “Inúmeros estudos mostraram que a atividade física reduz a mortalidade total, os acidentes e a mortalidade cardiovasculares, o diabetes tipo 2 (o mais frequente), a obesidade e diversos tipos de câncer”, relembrou o professor Francisco Lopez-Jimenez da Mayo…

Menina com cardiomiopatia fica curada

Menina com cardiomiopatia fica curada

Em dezembro do ano passado, os brasileiros se comoveram com a menina Júlia Siqueira de um ano de idade. Ela precisava de um coração para viver. A história foi divulgada no Jornal Nacional Júlia, havia sido levada de Brasília para São Paulo em estado gravíssimo. Chegou a ser desenganada pelos médicos por causa da cardiomiopatia dilatada, doença causada por um vírus que fez o coração dela crescer seis vezes acima do normal. Na…

Doença rara, câncer no coração não costuma apresentar sintomas

Doença rara, câncer no coração não costuma apresentar sintomas

As doenças cardíacas e o câncer  são doenças que causam o maior número de mortes no Brasil. Embora pouco conhecidos, os tumores cardíacos existem e quase sempre passam despercebidos até que o primeiro ecocardiograma de rotina os denuncie. Segundo o cardiologista Ricardo Corso, do Hospital do Coração do Brasil em Brasília,  Cerca de um quinto das pessoas que morrem de câncer já tem algum tipo de comprometimento metastático no coração Os tumores de coração…

Cansaço, falta de ar e inchaço nos pés podem ser sinais de insuficiência cardíaca

Cansaço, falta de ar e inchaço nos pés podem ser sinais de insuficiência cardíaca

Quem sente ou já sentiu alguns sintomas como cansaço, falta de ar e inchaço nos pés é bom ficar em alerta para não ser vítima de uma doença que mata 50 mil pessoas por ano no país – a insuficiência cardíaca, segundo a Sociedade Brasileira de Cardiologia – SBC. Dificuldade para subir escadas e praticar atividades físicas, abdômen e tornozelo, palpitações no coração e arritmias também são sinais da doença. Portanto reduzir a…

Cientistas enfraquecem enzima que sustenta parasita de Chagas

Cientistas enfraquecem enzima que sustenta parasita de Chagas

Pesquisadores do Laboratório Nacional de Biociências (LNBio), em Campinas, têm-se dedicado a estudar uma enzima conhecida como glicose-6-fosfato desidrogenase (G6PDH) – essencial para a sobrevivência do parasita Trypanosoma cruzi no organismo humano. A pesquisa busca  um novo fármaco para o tratamento da doença de Chagas e dados da literatura científica indicam que, quando a enzima é inibida, o parasita torna-se mais suscetível a morrer em decorrência do estresse oxidativo – condição em que…

Quatro doenças do coração que mais matam

Quatro doenças do coração que mais matam

Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), as doenças cardiovasculares são as principais causas mundiais de morte. No Brasil, 300 mil pessoas morrem anualmente, ou seja, um óbito a cada dois minutos é causado por esse tipo de enfermidade. Embora fatores não modificáveis, como predisposição genética, contribuam para a ocorrência de tais doenças, para o cardiologista Leonardo Spencer, do Hospital do Coração do Brasil, em Brasília, essas estatísticas podem ser explicadas principalmente pelos…

Um em cada três adultos sofre de hipertensão arterial

Um em cada três adultos sofre de hipertensão arterial

Segundo a Organização Mundial da Saúde, (OMS),  um em cada três adultos sofre de hipertensão arterial, ou pressão alta, uma condição que causa cerca de metade de todas as mortes por derrame e problemas cardíacos no mundo, a informação está no  relatório anual sobre estatísticas sanitárias da OMS. “Este relatório oferece uma evidência a mais do aumento dramático das condições que desencadeiam os problemas de coração e outras doenças crônicas, particularmente nos países…

Fatores de riscos para doenças cardíacas

Fatores de riscos para doenças cardíacas

Os indivíduos com maior propensão para desenvolverem as doenças do coração são: os sedentários, os obesos, os indivíduos com colesterol alto, os diabéticos e os com histórico de doença cardíaca na família. Estes devem ter uma atenção especial à sua saúde, evitando o sobrepeso e a má alimentação, que são fatores de risco para o desenvolvimento das doenças cardíacas. A maioria das doenças cardíacas não surge de repente. Elas vão se desenvolvendo ao longo dos anos,…

Doenças Cardiovasculares

Doenças Cardiovasculares

As doenças cardiovasculares são responsáveis, no mundo, por um terço do total de mortes e se tornam um problema de saúde pública de primeira grandeza. A boa notícia é que grande parte delas pode ser prevenida, principalmente se forem prevenidos ou evitados os principais fatores de risco: a obesidade, o tabagismo, o colesterol alto, o diabetes, o estresse e a hipertensão arterial. A maneira mais fácil de fugir dos fatores de risco é…