Bahia e outros oito estados pedem a Anvisa importação de Sputnik V

Bahia e outros oito estados pedem a Anvisa importação de Sputnik V

De acordo com o secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, as primeiras doses da Sputnik V, vacina russa contra a Covid-19, devem chegar no Brasil, uma semana após a autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Além disso, o secretário informou que  outros oito estados já solicitaram o pedido de importação dos imunizantes ao órgão regulador.

“Os governadores do Nordeste enviaram para a Anvisa uma carta solicitando autorização para importação. Esse documento legal, é preciso ser emitido a autorização pela Anvisa. O diretor-presidente da Anvisa, Almirante Barra Torres, solicitou uma reunião para amanhã com os governadores para alinhar esse processo”, revelou Fábio Vilas-Boas.

Anteriormente, o governador da Bahia, Rui Costa, anunciou a assinatura do contrato para aquisição de 9,7 milhões de doses da vacina. Contudo, a quantidade presente no contrato faz parte dos 37 milhões de doses acordados com o Consórcio do Nordeste.

Além disso, a Anvisa confirmou que recebeu parte dos documentos que faltavam para o processo de pedido de uso emergencial da Sputnik V.

Analise

 

Dessa forma, os dados enviados à Anvisa fazen parte do novo pedido de autorização para uso emergencial da vacina do Brasil, protocolado em 26 de março. O material enviado já esta sendo avaliado pela equipe técnica para verificar o atendimento às pendências anteriormente detectadas.

Campanha Vidas Importam 

Veja também: MEC lança programa para combater evasão escolar no ensino fundamental

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *