Água pela manhã reduz halitose

Água pela manhã reduz halitose

boca-seca-3O mau hálito matinal é um problema comum e que atinge todas as idades. Isso acontece porque, além de uma das causas ser o longo período de jejum existente durante o período noturno, o fluxo salivar é reduzido drasticamente pelo organismo durante à noite. Por conta disso, a proteção natural proporcionada pela saliva também diminui. Em sequência, aumenta a formação de bactérias presentes na cavidade bucal que decompõem a matéria orgânica. E a principal consequência desse processo é a produção de compostos sulfurados, responsáveis pelo odor bucal.

Mas existe uma forma de, pelo menos, reduzir o mau hálito bucal através do hábito de beber água pela manhã, segundo estudo divulgado no International Journal of Dental Hygiene. Isso porque este ato rompe todo o processo de estagnação, umedece as mucosas que estavam ressecadas e reidrata o organismo. Por conta disso, as glândulas salivares retomam a produção normal de saliva, promovendo uma higienização natural da cavidade bucal e, consequentemente, acontece uma redução dos níveis de compostos malcheirosos relacionados à halitose.

Confira também

Por que escovar os dentes causa sede?

Estética dental pode prejudicar a saúde

De qualquer forma, não é apenas durante a manhã que a água deve ser lembrada para o combate da halitose. O corpo precisa de ingestão do líquido em intervalos durante todo o dia de, ao mínimo, dois litros, a fim de que aconteça uma manutenção de um equilíbrio hídrico no organismo, essencial para um fluxo salivar saudável.

Porém, não é apenas a água que reduzirá o mau hálito. É preciso uma correta higiene rotineira dos dentes, gengivas, língua e garganta, principais nichos bacterianos da boca, responsáveis por pelo menos 90% dos casos de mau hálito. Além disso, a qualidade dessa assepsia é mais importante que a quantidade. Por fim, o profissional dentista é o capacitado para indicar os melhores produtos específicos para cada pessoa.

Veja a entrevista com o dentista Leonardo Trench, falando sobre a cárie.  

                 

 

Redação Saúde no Ar

Maicom Menezes

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *